4 maneiras de lidar com o luto em outras culturas

3 minutos para ler

[et_pb_section admin_label=”section”][et_pb_row admin_label=”row”][et_pb_column type=”4_4″][et_pb_text admin_label=”Texto”]

Independente da religião de cada pessoa, o velório é uma cerimonia indispensável para nós brasileiros. A despedida dos nossos entes queridos é um momento de dor e tristeza, mas não deixamos de prestar nossa ultima homenagem a quem amamos e ao redor do mundo não é diferente. Conheça quatro tradições e costumes no momento do luto em outros países.

México

A morte não é vista como o fim, mas sim uma parte do ciclo de vida: morte e ressurreição. No dia de finados, os mexicanos deixam de lado a tristeza e fazem uma grande festa chamada de Dia de los Muertos”. Festivais, fantasias e celebrações unem a tradição indígena asteca ao catolicismo. A música, gastronomia e os trajes, devem atender ao gosto do falecido, com o objetivo de trazer prosperidade para os vivos.

Israel

Os judeus tem o costume de fazer um rasgo na roupa das pessoas que estão em luto, essa é uma tradição desde os tempos bíblicos chamada de Keriá que é uma forma de descarregar a dor e angústia que as pessoas estão sentindo.

Durante sete dias após o enterro, os enlutados judaicos ficam em casa, e não fazem qualquer atividade profissional ou de lazer. Nesse período chamado de Shivá, os parentes e amigos fazem três vezes por dia a realização de serviços religiosos.

China

Para os chineses, as tradições de luto e enterro duram 7 dias e os funerais são diferentes para cada pessoa, levando em consideração a idade, causa da morte, status civil e social.

Os enlutados usam roupas de acordo com o relacionamento que tem com o falecido. Por exemplo, os filhos usam roupas pretas ou brancas e os netos usam azul. Cada cor tem um significado diferente.

A notícia sobre o falecimento é feita através de um convite enviado para os familiares e amigos geralmente na cor branca. Em casos de pessoas após os 80 anos, o convite é feito na cor rosa, pois viver mais que 80 anos é considerado motivo de grande celebração pelo tempo vivido.

Índia

Em regiões onde a religião oficial é o hinduísmo, a parte importante do velório é a cremação.

Conforme a tradição Hindu, cremar o corpo dos falecidos é essencial para que o espírito faça uma passagem iluminada e tranquila em direção à encarnação.

Após a morte, os familiares e amigos se reúnem ao redor do corpo para fazer orações e leituras do livro sagrada com ofertas de flores. As cinzas são jogadas em um rio e a casa dos familiares deve ser purificada com incensos.

Acreditamos que a vivência do luto deva ser realizada com respeito e amor. Por isso, acompanhe nossos textos e dicas aqui no blog!

[/et_pb_text][et_pb_cta admin_label=”Chamada à Ação” title=”Saiba Mais” button_url=”http://conteudo.riopae.com.br/conversao-osjb” url_new_window=”on” button_text=”Clique Aqui e Saiba Mais” use_background_color=”on” background_color=”#dd9933″ background_layout=”dark” text_orientation=”center” use_border_color=”off” border_color=”#ffffff” border_style=”solid” custom_button=”off” button_letter_spacing=”0″ button_use_icon=”default” button_icon_placement=”right” button_on_hover=”on” button_letter_spacing_hover=”0″] [/et_pb_cta][/et_pb_column][/et_pb_row][/et_pb_section]

Posts relacionados

Deixe um comentário